quinta-feira, 25 de junho de 2015

Belas-Letras: entrevista exclusiva com Pedro Guerra

Postado por Diarios De Leitura - quinta-feira, junho 25, 2015 - com 1 comentário
Oi, gente bonita!
O pessoal da editora Belas-Letras fez uma entrevista exclusiva com Pedro Guerra, autor de Precisava de Você, que inclusive eu já recebi e já fiz a leitura, em breve sai a resenha dele por aqui. Até lá, fiquem com essa entrevista super bacana que dá uma palhinha do livro.

Pedro Guerra: o porta-voz dos corações quebrados

Quem nunca sofreu de uma desilusão amorosa que atire a primeira pedra. Para Pedro Guerra, 23 anos, os corações quebrados são inspirações livres para novas histórias e recomeços. E é exatamente sobre isso que Precisava de Você, designado como um (des)romance, apresenta ao público.
Conversamos com Pedro que, assim como todos os jovens, acredita que o amor é o fio condutor de qualquer relação interpessoal.

Belas-Letras: Nós queremos saber desde já: o que te motivou a escrever Precisava de Você? Teve algum motivo especial?
Pedro Guerra: Eu diria que experiências próprias são um bom começo! Posso afirmar que sou assim como a Lola: um romântico fervoroso. Sendo assim, acredito que o mundo é um lugar bem melhor se existe amor envolvido. Acontece que eu descobri que escrever sobre o (des)amor se torna inevitável quando você é jovem, uma vez que tudo pode acontecer dentro de um relacionamento. Os naufrágios, as quebras, as desilusões... Tudo é muito inspirador. Tanto para um aprendizado, quanto para uma história. E foi aí que surgiu Lola Tavares, uma espécie de "porta-voz dos corações quebrados" dentro de mim que quis escrever por todos aqueles que um dia já se deram mal com o amor.



BL: De onde surgiu a ideia de fazer um livro que possui música-tema, que vai além das páginas? E qual o objetivo da música?
Pedro: Foi algo bastante natural. Na verdade eu comecei meu sonho de ser escritor com 12 anos compondo músicas. Então, enquanto escrevia Precisava de Você, compus esta música chamada Metáfora e julguei que ela tinha muito a ver com a história de Lola Tavares. Decidi emprestar a sua letra para a minha história e, quando ela já estava dentro do livro, quis trazê-la para fora novamente por acreditar que o leitor precisava ouvi-lá de algum modo. Foi um desafio, pois não é tão fácil assim gravar uma canção em estúdio. Mas acredito que ela seja fundamental para a sinestesia que a experiência proporciona.

BL: Por que você acredita que a história tem a ver com o Dia dos Namorados, uma vez que podemos classificar o livro como um (des)romance?
Pedro: Quando a gente é jovem, sempre achamos o Dia dos Namorados só mais um dia qualquer por um único motivo: não namoramos! E é aí que entramos no ponto de que Precisava de Você fala sobre relacionamentos – não necessariamente apenas os bons relacionamentos. Afinal, todo mundo gosta ou vai gostar de alguém que não gosta da gente do mesmo modo. E eu quis provar no livro que isso é tão natural e até mesmo bonito, a ponto de motivar a recuperar-se para uma nova tentativa, para uma nova história. Todos temos vários finais ao longo da vida, assim como diversos começos.

BL: Planos para um próximo livro?
Pedro: Estou sempre em movimento. Ideias para próximos livros eu tenho várias, no entanto, é preciso selecionar algo que eu realmente queira entregar para os leitores. Como objetivo, tenho a filosofia de sempre surgir com algo novo. Vamos ver no que dará desta vez...

Fiquem de olho que logo sai a resenha desse livro por aqui. Beijinhos e até a próxima!


Resenha #66 - Uma curva no tempo

Postado por Diarios De Leitura - quinta-feira, junho 25, 2015 - com 8 comentários
Oi, lindezas!

Em maio eu recebi o livro Uma Curva no Tempo em parceria com a editora Arqueiro. A sinopse me chamou bastante a atenção, assim como a capa que é linda. Porém eu não imaginava que seria um livro marcante que me renderia várias lágrimas e paralisaria meu mundo por um tempo hahaha.

Ficha Técnica
Título: Uma curva no tempo
Título Original: Fractured
Autor: Dani Atkins
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
ISBN: 9788580414134

Resenha
Tudo começa em 2008, quando Rachel e seus amigos vão à uma lanchonete pela última vez antes de cada um seguir seu caminho para a faculdade. Um carro perde o controle e entra na lanchonete, batendo na mesa em que ela está com seus amigos. Todos conseguem sair, exceto Jimmy, seu melhor amigo, que voltou para salvá-la e acabou morrendo. Desde então, sua vida mudou completamente, ela carrega muita culpa e acaba se isolando de todos.

Cinco anos depois, Rachel precisa voltar à sua cidade natal para o casamento de sua melhor amiga. Mas o acidente deixou sequelas tanto físicas quanto emocionais. Apesar disso, ela encara a situação. Porém, ao visitar Jimmy no cemitério, a emoção e a dor são fortes demais e Rachel desmaia. Quando acorda, tudo o que aconteceu muda completamente. Ela conseguiu cursar jornalismo e trabalha numa grande revista, ainda namora Matt e o melhor de tudo: Jimmy está vivo. Mas como isso poderia ser real? Parece que ela é a única a se lembrar de sua vida antes dessa curva no tempo e vai perceber que estar nela pode não ser tão ruim assim.

Logo no começo é possível perceber que Jimmy sente algo a mais por Rachel, mas respeita o relacionamento da melhor amiga com Matt. Depois que tudo aconteceu, ela se deu conta desse sentimento e ficou remoendo todos os "e se". Agora, ela tem uma segunda chance de fazer aquilo que realmente quer e estar com quem realmente quer estar. Além disso, Jimmy é o melhor amigo do mundo, mesmo quando ninguém acreditava em Rachel quando ela dizia estar em outro mundo, ele acreditou e foi com ela atrás de todas as pistas para entender o que aconteceu.

Gente, de verdade, essa é a resenha mais difícil que eu já fiz em toda a minha vida. Esse livro foi o melhor do ano até agora e com certeza um dos melhores da vida, me emocionou demais e o final me deixou sem chão, não sabia se ficava feliz ou triste e acabei chorando pelos dois motivos. Não foi previsível para mim e em toda a narrativa, tentei entender qual o motivo de isso ter acontecido: realidades paralelas, viagem ao tempo, experiência científica, algum deus... enfim, muitos questionamentos que são respondidos no final do livro. A narrativa é super fluida e li em algumas horas. No final, a única coisa que fui capaz de fazer foi fechar o livro e chorar copiosamente. Uma curva no tempo é um livro maravilhoso, recomendo fortemente. 

Beijos e até a próxima!




domingo, 21 de junho de 2015

OMG! Primeira tattoo literária!

Postado por Diarios De Leitura - domingo, junho 21, 2015 - com 20 comentários
Oi, gente!

Quero contar para vocês como foi a minha experiência com a primeira tattoo, que inclusive foi literária. A ideia surgiu há uns dois anos, eu queria algo literário e que fosse pequeno, para "testar" como seria fazer uma tatuagem, se doeria muito. A intenção era fazer uma tattoo igual a essa, que é referência de As Crônicas de Nárnia:



Com o desenho escolhido, faltava a tatuadora. Mas nesse estágio eu fiquei muito tempo parada, porque ainda tinha receio, não tinha certeza se era isso mesmo que queria, não conhecia muitos tatuadores e acabei não indo atrás de conhecer. Então, uma amiga querida me indicou a Juliana Chislu e eu comecei a acompanhar o trabalho dela, que é maravilhoso. Me encantei logo de cara e pensei: "tem que ser com ela!". E quando surgiu a oportunidade, eu marquei a data. Na semana que antecedeu a tatuagem, eu fiquei realmente nervosa, pensei em cancelar não sei quantas vezes, tudo porque estava com medo da dor. Eu pensava que era algo muito maior e mais complicado do que realmente é, por isso fiquei na maior neura. Aqui, quero deixar meu agradecimento aos meus amigos e à Ju, que me aguentaram nessa semana de ansiedade/drama total. Esses são alguns trabalhos dela:




Lindos, né? *-*

Chegou o dia, e foi tudo muito melhor do que eu havia imaginado. A Ju foi um amor, ela adaptou o desenho e incluiu mais um elemento na tattoo, que a deixou ainda mais linda. O processo em si durou cerca de meia hora, escolhi fazer no braço e foi super tranquilo, quase não senti (foi muito mais de boa que a vacina que eu tomei no dia anterior hahaha), fiquei conversando com as meninas do estúdio, com a tatuadora e com um amigo que foi junto, na hora que vi, já tinha acabado. Super tranquilo, de verdade.
Então agora, apresento minha primeira tattoo literária: 



Eu fiquei super feliz com o resultado, amo Nárnia, sempre foi um refúgio para mim e eu pude expressar isso de uma forma maravilhosamente linda. A Ju acrescentou a Lúcia ao desenho e ficou muito mais perfeito, a referência fez mais sentido dessa forma. Este é o trecho do livro que menciona essa cena:

"E ela começou a avançar devagar sobre a neve, na direção da luz distante. Dez minutos depois, chegou lá e viu que se tratava de um lampião. O que estaria fazendo um lampião no meio de um bosque? Lúcia pensava no que deveria fazer, quando ouviu uns pulinhos ligeiros e leves que vinham na sua direção. De repente, à luz do lampião, surgiu um tipo muito estranho."
As Crônicas de Nárnia - O leão, a feiticeira e o guarda-roupa.

Agora, depois de ver que o processo é totalmente suportável e o resultado vale muito a pena, tenho planos de fazer mais três tatuagens (por enquanto): uma no outro braço para Harry Potter e outras duas nas panturrilhas, uma em homenagem ao meu avô, que era minha pessoa preferida no mundo e outra para a minha mãe, que eu amo incondicionalmente. Mas tô aceitando sugestões viu gente? hahaha

E esse textão todo, além de ser para mostrar essa belezura que está em mim, é para incentivar vocês que têm vontade de fazer algo e está com medo. Não necessariamente uma tatuagem, mas tudo. Às vezes a gente coloca tanta expectativa negativa em algo por causa do medo e quando acontece, é tipo "ah, é só isso?". Então, vai atrás do que você quer, sem medo de ser feliz, okay? ;)


Beijos e até a próxima!




terça-feira, 9 de junho de 2015

Lançamentos Arqueiro e Sextante - Junho 2015

Postado por Diarios De Leitura - terça-feira, junho 09, 2015 - com 0 comentários
Oi, gente! Tudo bem com vocês? Vamos aos lançamentos do mês das editoras Arqueiro e Sextante.

Reino Animal - Millie Marotta

Deixe sua mente se aventurar pelo reino animal.
A ilustradora Millie Marotta cresceu cercada de plantas e animais. Hoje tra balha num estúdio à beira do mar e encontra inspiração na exuberância da natureza ao seu redor.
Agora você pode personalizar as belas ilustrações de Millie e criar sua própria versão do reino animal. Do besouro em busca dos matizes de suas asas à baleia que espera pelo verde e azul do mar, nestas páginas há um mundo de fauna e flora a descobrir. E você só precisa de lápis, canetas e da sua imaginação.


A felicidade está nas pequenas coisas - Haim Shapira

Muitas pessoas refletiram sobre as questões fundamentais da existência humana. Este livro é uma espécie de viagem ao vale das grandes perguntas. Nele encontraremos sábios e pensadores de todas as fés e de todos as origens: Platão e o Pequeno Príncipe, Wittgenstein e a Alice do País das Maravilhas, Freud e o Ursinho Pooh, além de Nietzsche, Tolstói e o Rei Salomão. De uma forma bem-humorada e inusitada, o autor explora pequenos e grandes mistérios. Por que nos importamos tanto com números? O que faz as mulheres felizes e por que suas respostas surpreendem os homens? Qual o valor da raiva? O que é a felicidade? A meta do livro é instigar, inspirar e iluminar. E o percurso é divertido e cheio de viradas inesperadas.


Eu estive aqui - Gayle Forman

"Eu estive aqui é a mais perfeita mescla de mistério, tragédia e romance. Gayle Forman dá ao leitor um retrato sincero da coragem necessária para continuar vivendo após uma perda devastadora.” – Stephen Chbosky, autor de As vantagens de ser invisível.
Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal? A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. 
Sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida.

Rush sem limites - Abby Glines

Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan. Até que Blaire Wynn chega à cidade. A beleza angelical da garota logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. 
Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.Depois do sucesso da trilogia Sem Limites, Abbi Glines leva os leitores de volta ao início dessa história de amor. Em Rush sem limites, você entrará na mente do bad boy que já conquistou milhões de fãs mundo afora. 


O que eu quero para mim - Lycia Barros

Alice é independente, bem-sucedida
profissionalmente e muito ambiciosa. Além do sucesso no trabalho, tem um namorado que é o sonho de qualquer mulher: lindo, apaixonado, louco para se casar e ter filhos. Mas ela não é qualquer mulher, e acha que a carreira vem antes de tudo. Então, quando Casseano a coloca contra a parede e exige mais espaço em sua vida, os dois entram em um impasse e acabam se separando. Em poucos dias, Alice sente que o fim do relacionamento está sendo mais duro do que esperava. Para piorar, o trabalho entra em crise e sua sócia, preocupada com a saúde da amiga, a obriga a se afastar por um tempo. As férias a ajudarão a arejar a cabeça e voltar mais produtiva.
Com tudo dando errado ao mesmo tempo, Alice aceita a sugestão e compra uma passagem para Londres. Chegando lá, mergulha numa profunda jornada de auto-descobrimento e percebe o que realmente importa para ela.


Predestinadas - Jessica Spotwood

“Predestinadas é uma história inesquecível, cheia de altos e baixos e boas surpresas. Um fim incrível para uma trilogia excepcional.” – Goodreads.
Cate Cahill acabou de ser apagada da memória de Finn, o grande amor de sua vida. A responsável por essa traição foi Maura, uma de suas irmãs, e Cate está certa de que nunca vai conseguir perdoá-la. Enquanto isso, Tess, a caçula, está às voltas com visões cada vez mais assustadoras. Como se não bastasse, a Nova Inglaterra vem sendo tomada por uma febre mortal sem precedentes. Preocupada, Cate quer ajudar a todos, mas é impossível fazer isso sem revelar seus poderes e, assim, aumentar a fúria dos Irmãos da Fraternidade, os implacáveis caçadores de bruxas. Em meio a desavenças com suas aliadas em potencial, Cate terá que se desdobrar para conseguir prestar o auxílio que deseja, proteger Tess e Finn e lutar por uma nova ordem que permita que as bruxas sejam representadas no governo de sua cidade e não precisem mais se esconder.


Três semanas com meu irmão - Nicholas Sparks e Micah Sparks

Nicholas Sparks já vendeu mais de 100 milhões 2015 de livros no mundo. Três semanas com meu irmão é o relato pessoal do autor, escrito em parceria com seu irmão Micah Sparks.
Em janeiro de 2003, Nicholas Sparks e seu irmão, Micah, partiram em uma viagem de três semanas pelo mundo para representar um marco em suas vidas, pois, aos 37 e 38 anos respectivamente, eles eram os únicos membros sobreviventes de sua família.
Com as maravilhas do mundo como pano de fundo e muitas vezes dominados por seus sentimentos, o intrépido Micah e o introspectivo Nicholas relembram as aventuras e traquinagens de sua infância e as tragédias que testaram sua fé. Durante esse processo, ambos aprenderam verdades surpreendentes sobre a perda, o amor e a esperança.
Narrado com irrepreensível humor e rara sensibilidade – e incluindo fotos pessoais –, Três semanas com meu irmão é um lembrete para abraçarmos a vida com todas as suas incertezas e, acima de tudo, valorizar os tempos felizes e as pessoas

Memórias de uma gueixa - Arthur Golden

Relançamento do best-seller Memórias de uma gueixa. Traduzido para mais de 40 países, só nos Estados Unidos e no Canadá, vendeu mais de 6,5 milhões de exemplares. A adaptação para o cinema é vencedora de 29 prêmios, entre eles três Oscars e um Globo de Ouro. Sayuri é uma das gueixas mais famosas de Gion, o principal distrito dessa arte milenar em Kioto. Com um olhar, ela é capaz de seduzir. Com uma dança, ela deixa os homens a seus pés. O que ninguém sabe é que, por trás da gueixa de sucesso, há um passado de perdas e desilusões de uma mulher que, desde o dia em que o pai a vendeu como escrava, fez cada uma de suas escolhas motivada pelo amor ao único homem que lhe estendeu a mão. Neste livro acompanhamos sua transformação enquanto ela deixa para trás a in-
fância no vilarejo pobre e aprende a rigorosa arte de ser uma gueixa. 

Uffa, esse mês está recheado de lançamentos! Eu solicitei Memórias de uma Gueixa e O que eu quero para mim, assim que chegar irei fazer a leitura e depois posto a resenha para vocês :)
Beijinhos, até a próxima!